sexta-feira, 15 de fevereiro de 2013

Viva esta parte da nossa cultura!!! Capoeira!

Desenvolvida no Brasil principalmente por descendentes de escravos africanos com alguma influência indígena, é caracterizada por golpes e movimentos ágeis e complexos, utilizando primariamente chutes e rasteiras, além de cabeçadas, joelhadas, cotoveladas, acrobacias em solo ou aéreas.
Uma característica que distingue a capoeira da maioria das outras artes marciais é a sua musicalidade. Praticantes desta arte marcial brasileira aprendem não apenas a lutar e a jogar, mas também a tocar os instrumentos típicos e a cantar.
A palavra capoeira é originária do tupi-guarani, que significa "o que foi mata", através da junção dos termos ka'a ("mata") e pûer ("que foi"). Refere-se às áreas de mata rasteira do interior do Brasil onde era praticada agricultura indígena. Acredita-se que a capoeira tenha obtido o nome a partir destas áreas que cercavam as grandes propriedades rurais de base escravocrata. Capoeiristas fugitivos da escravidão e desconhecedores do ambiente ao seu redor, frequentemente usavam a vegetação rasteira para se esconderem da perseguição dos capitães-do-mato.
Outras expressões culturais, como o maculelê e o samba de roda, são muito associadas à capoeira, embora tenham origem e significados diferentes.


"Jogo de dentro Jogo de fora Olha va la meu deus minha nossa senhora
Jogo de dentro Jogo de fora
Jogo bonito é esse jogo de angola
Jogo de dentro Jogo de fora
Jogo manhoso é esse jogo de angola
Jogo de dentro Jogo de fora
Jogo pra deus e pra nossa senhora
Jogo de dentro Jogo de fora
Olha tem maldade nesse jogo de angola
Jogo de dentro Jogo de fora..."


"O menino é bom
Bate palma pra ele
É bom é bom
Bate palma pra ele
Ele sabe jogar
Bate palma pra ele
É bom é bom
Bate palma pra ele"