terça-feira, 10 de julho de 2012

A mandioca..............


 

Planta da família das euforbiáceas, tem a casca marrom, fibrosa e a polpa branca e dura. Existem 2 tipos: a amarela e a branca. Esse alimento tão frequente na mesa dos brasileiros recebe nomes diferentes de acordo com a região. No Sul e Sudeste é conhecido como mandioca, Norte e Nordeste é macaxeira ou aipim. No Rio de Janeiro você também encontra como aipim. Ela pode ser consumida frita, cozida ou utilizada no preparo de diversos pratos, 100g de mandioca cozida tem em média 125kcal.Ela existe na alimentação e cultura indigena a muitos anos ...È fonte de fibras, é multidisciplinar. A mandioca é parecida com o brasileiro, é generosa, se tem um alimento que podemos nos comparar, é ela ...Ela se adapta ....pode se fazer uma simples mandioca amassada com sal ou açucar para tomar com café ou um manauê ,pirão, goma do tacacá , biju, paçoca , e farofa....E ela pode se conservar na terra por meses sem estragar.............


Biju




Purê de mandioca  na chapa com curcuma


500g de mandioca descascada1 colher de sobremesa de curcuma (opcional) – a curcumina associada à
pimenta fresca ou do reino faz um “chazam”, é anti-cancerígena.
1 colher de café de sal
gordura de coco ou azeite – 1 colher de sobremesa
Modo de preparo:
Cozinhar a mandioca na água, depois de cozida, ainda quente, amassá-la com um garfo, misturar a curcuma e adicionar o sal. Em uma panela anti-aderente ou de ferro, fazer um disco desta mistura e grelhar dos dois lados ou fazer meia-lua (como está na foto). Ela fica crocante por fora, cremosa por dentro, maravilhosa, ótimo para acompanhar saladas ou sopas neste inverno. Bom apetite!

Tapioca

Como fazer tapioca doce
tapioca docê

Primeiro separe os ingredientes que você vai usar para fazer a massa:
- 500 g de polvilho doce (1 saquinho)
- 1 xícara de água
- sal ou côco ralado.
Junte o polvilho com a água e misture bem. Essa mistura vai formar uma massa empedrada. Passe em uma peneira de metal, espremendo bem com uma colher. Ela vai virar um pó úmido. Pronto! Fácil, não? Além disso, você pode guardar essa massa na geladeira, em um recipiente fechado, por até 3 dias.

Doce ou salgada? Com a massa já passada na peneira você vai acrescentar uma pitada de sal, se for fazer salgada, ou uma colher de côco ralado, se preferir doce. Também dá para acrescentar uma pitada de canela, ou um pouquinho de açúcar. Atenção não use muito açúcar pra a massa não caramelizar.
Cubra o fundo de uma frigideira de teflon com a massa. Não precisa usar óleo. Aperte um pouco a massa para ela firmar, vire do outro lado e pronto!

Recheio docê

- 1 lata de leite condensado
- 1 saquinho de côco ralado
- canela a gosto.
Misture os ingredientes e depois do processo de cozimento, ainda com a tapioca na panela, abaixe o fogo e acrescente o recheio. Salpique com canela, e pronto!

banana com chocolate

- 2 bananas picadas
- 100 gramas de chocolate meio amargo (ou ao leite)
- uma bola de sorvete de creme
- canela em pau para decorar.
É super fácil: derreta o chocolate em banho maria ou no microondas por 30 segundos, e forre um dos lados da tapioca depois de assada. Cubra com as bananas picadas em rodelas e sirva com uma bola de sorvete de creme.
Você também pode variar e inventar outros recheios doces. Dá para fazer de morangos com leite condensado, de doce de leite, prestígio... Use a imaginação e bom apetite!


fonte:neka ,assim sefaz,