sábado, 30 de novembro de 2013

Fitas do Senhor do bom fim voltam as suas origem......Bahia!




Diz a tradição que o uso das fitas de diversas cores que hoje em dia chamamos de FITAS DO SENHOR DO BONFIM advém do antigo costume de usar tiras de roupas de santos, para dar sorte ou proteção.
Com o correr dos tempos, porém, roupas de santos tornaram-se cada vez mais difíceis de serem encontradas, sendo aos poucos substituídas por fitas coloridas que, ainda dentro da crença popular, devem se atadas três vezes ao redor do pulso esquerdo e amarradas com três nós, aos quais correspondem três pedidos.
Dentro do sincretismo religioso brasileiro, muito influenciado pelas religiões africanas, as cores das fitas correspondem às dos Orixás que, por sua vez, correspondem aos anjos da guarda católicos.
Atualmente estas fitas do Senhor do Bonfim são do comprimento do braço da estátua dita milagrosa do Senhor do Bonfim, que se encontra na igreja do mesmo nome, em Salvador, Bahia. Use-a e boa sorte!
Vindo ao Brasil coloque em sua  bagagem  essas fitinhas leve de lembranças....



No Brasil inteiro, é comum amarrar no pulso ou no calcanhar uma fita fininha do Senhor do Bonfim da Bahia e dar três nós, que correspondem a três pedidos. Segundo a sabedoria popular, a fita se arrebenta quando os pedidos se realizarem. Essa história é sobre o poder das crenças.


Ela era fabricada com tecido de boa qualidade, como  o algodão e  preparada artesanalmente. Hoje, curiosamente, é feita industrialmente em náilon, em São Paulo.
Mas agora volta a ser fabricada na Bahia e ainda vai ajudar as comunidades de famílias carentes.


E a criatividade com as fitas saem das crenças e vai  decorar festas , casas, roupas e até o natal!

A Baianidade fashion....que eu adoro!












Ah! Um detalhe: as Fitinhas do Bonfim quando amarradas no pulso ou tornozelo não devem ser arrancadas ou cortadas. A paciência é uma das principais características do devoto que deve esperar que ela se quebre, o que pode durar até dois anos, tempo que os três pedidos são concedidos. Caso ela se desamarre, não fique chateado, reflita sobre seu pedido. Será que você faz por onde possa merecer?